É preciso ter feito o Enem e depois participar do SISU

Muitas pessoas ainda não sabem como participar do SISU e quais são as regras do programa, preparamos algumas informações que vão lhe ajudar a entender como o programa funciona e quem pode participar.

Para começar dizendo que é preciso ter feito o Enem do ano anterior para obter a nota que é o principal fator de classificação no programa do SISU, então veja maiores detalhes a seguir.

Sobre a importância do ENEM

O Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) é uma prova aplicada todos os anos no Brasil, com gerenciamento do MEC e Inep. Este é o maior vestibular do país, possibilitando o ingresso em universidades públicas e privadas.

A participação na prova é opcional, as inscrições são online e acontecem no mês de maio. A taxa é de R$82, mas pode haver pedido de isenção do valor. A cada edição participam cerca de 5 milhões de jovens e adultos.

Contando com a ajuda do governo os vestibulandos podem iniciar sua graduação por meio de três programas principais. Todos exigem a participação no ENEM, e conquista de mais de 450 pontos nas provas objetivas e mais que zero na redação:

SISU 2020: seleciona novos alunos para as universidades públicas;
PROUNI: distribui bolsas de estudos parciais e integrais em universidades privadas;
FIES: financia os cursos para pagamento a longo prazo em universidades privadas.

Quem pode se inscrever na prova do ENEM

Dessa maneira, para que seja feita sua identificação e coleta de novos dados, você deverá apresentar alguns série de documentações básicas como alguns requisitos necessários.

É obrigatório que apresente o número do seu CPF;
Documento oficial com foto (RG ou CNH);
Está matriculado no ensino médio ou já ter concluído os estudos;
Apresentar seu endereço fixo;
Ter o valor de sua taxa quitada (para os que não irão solicitar isenção).

Lembrando que, embora todos possam se inscrever no ENEM 2020 apresentando o que citamos, alguns programas de aprovações exigem outros requisitos, como a conclusão ensino médio. Além disso, outros centros de ensino superior, podem pedir dependendo de seus cursos, que o estudante já possua uma graduação em um curso de nível técnico.

Sobre o SISU

O SISU 2020 desde que foi criado tem como objetivo facilitar a entrada de estudantes no ensino superior, e tudo acontece online no site do programa. A sigla SISU significa Sistema de Seleção Unificada, o mesmo é um sistema do Ministério da Educação e Cultura.

Esse sistema foi criado e desde então tem beneficiado milhares de jovens anualmente, assim dando ao cidadão de baixa renda a oportunidade para trilhar uma carreira de sucesso na área escolhida. Mas, apenas os estudantes que irão fazer a prova do ENEM poderão participar.

Os alunos que irão concorrer as vagas precisam entender que existem algumas modalidades de concorrência, uma delas é o sistema de cotas SISU.

Criada pelo Governo Federal o mesmo tem como objetivo, ajudar as pessoas de baixa renda a conquistarem com mais agilidade as suas vagas nas universidades públicas do país.

Nota de Corte SISU

Para cada curso, com seu respectivo turno, e universidade disponível, existe um número mínimo de pontos a ser alcançado no ENEM para conquistar a vaga. Uma pontuação base para classificação dos candidatos.

Essa é a nota de corte SISU 2020, que considera quantas vagas são oferecidas e quantas pessoas se candidatam para essas vagas. Como o critério para desempate sempre será a pontuação, quem obtiver a melhor nota fica na frente.

Por isso, cursos como medicina e direito, embora ofereçam cerca de 90 vagas por turma. Ainda têm nota de corte alta, pois o número de pessoas inscritas é grande e a pontuação de desempate também cresce.

O mesmo acontece com universidades muito visadas, um mesmo curso pode ter nota maior ou menor dependendo da instituição de ensino, e do turno e campus oferecido, porquê reúnem mais ou menos interessados.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*